SANDRA OLIVEIRA - ESTETICISTA, CABELEIREIRA E PERSONAL CARE VALMARI

"Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la."

Barbara Pletcher

08/04/2010

VACINAÇÃO GRIPE SUINA






Todos lembram do desatino que foi a epidemia de gripe suína – a Influenza H1N1 que ocorreu o ano passado (2009). Na tentativa de prevenir uma epidemia este ano, o Ministério da Saúde lançou a Campanha Nacional de Vacinação da H1N1. A meta é vacinar 80% das pessoas.


A vacinação da Influenza A está dividida em 5 etapas:

1. De 08/03 a 19/03/2010. Profissionais da saúde e indígenas que vivem em aldeias.

2. De 22/03 a 02/04/2010. Gestantes, crianças de 6 meses a 2 anos e pessoas com doenças crônicas.

3. De 05/04 a 23/04/2010. População saudável de 20 a 29 anos.

4. De 24/04 a 07/05/2010. Idosos com 60 anos ou mais – portadores de doenças crônicas. Nessa etapa, conforme o Ministério da saúde, “todas as pessoas com mais de 60 anos de idade devem tomar a vacina contra a gripe comum, como acontece todos os anos. Aqueles idosos que são portadores de doenças crônicas vão receber, na mesma data, uma segunda dose de vacina, a da gripe pandêmica. Com essa estratégia, o idoso só precisará ir ao posto de vacinação uma vez.”

5. De 10/05 a 21/05/2010. População saudável de 30 a 39 anos.
É importante ressaltar que o Ministério da Saúde distribuirá as vacinas para todo o Brasil, mas são as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde que definirão os postos de vacinação.

O Ministério da Saúde criou um hotsite bem completo sobre a Influenza H1N1 que traz muitas explicações sobre a doença.

O mais interessante é que há um formulário nesse hotsite que você pode preenchê-lo e ser avisado por e-mail. Você não esquece as datas de vacinação e vai vacinar!

Campanha de vacinação, hotsite completo sobre a gripe suína (Gripe A) e o uso da tecnologia para avisar as pessoas por e-mail. Agora faça a sua parte! Vá vacinar!

Qualquer dúvida, entre em contato com o “disque saúde”: 0800-611997.

Espalhe essa idéia! Porque “quando mais prevenção, mais proteção.”
Fonte: Ministério da Saúde/Hotsite Influenza H1N1/www.mulherdigital.com

MAMOGRAFIA


O que é?
É o exame radiológico das mamas, feito com uma baixa dose de radiação, quase desprezível, para produzir imagens que forneçam informações sobre o interior da glândula mamária e das axilas.

Para que serve?
A mamografia serve para o rastreamento do câncer da mama em mulheres assintomáticas, a partir de 40 anos de idade, quando busca lesões mínimas, não palpáveis, ou alterações denominadas microcalcificações. Além disso, o exame é classicamente usado para a investigação de nódulos mamários percebidos pela palpação ou mesmo por outros sintomas na região.

Como é feita?
Para a realização do exame, as mamas são posicionadas sobre uma espécie de placa acrílica dupla e gentilmente comprimidas pelo equipamento, sob o comando de uma profissional da enfermagem com domínio técnico no procedimento. Essa compressão é necessária para espalhar adequadamente os tecidos mamários, de forma a garantir a melhor visualização dos aspectos internos da glândula. De qualquer modo, dura apenas alguns segundos em cada mama e não causa dor, embora possa ser um pouco incômoda. Para reduzir o desconforto, é sempre interessante que as mulheres em idade fértil procurem fazer a mamografia entre o quinto e o décimo dia do ciclo menstrual, quando as mamas estão menos sensíveis.

Autor: Núcleo Educacional Científico/www.fleury.com.br

MEDO DE ENVELHECER




O segredo do saber envelhecer é conservar a autoestima, continuando a ser interessante para si próprio e para os outros. Portanto, o receio sobre a passagem do tempo pede que aprendamos a lidar com a nossa própria natureza. "Todos envelheceremos. A única alternativa ao envelhecimento é morrer jovem, o que não é, assim, uma grande opção", finaliza a especialista.

Dicas para envelhecer bem-resolvida


A psicóloga Mariuza Pregnolato preparou algumas dicas para ajudar neste processo. Segundo a especialista, nossa identidade é dinâmica e vai se construindo ao longo da vida, a partir das experiências em nosso universo relacional e nossa auto-imagem vai se reatualizando o tempo todo. "Se estou habituada a ver no olhar do outro admiração pela minha aparência e a partir de um certo momento observo indiferença ou descaso, começo a perceber que já não sou tão bonita e atraente quanto antes", diz.


Paralelamente a essa percepção, vêm também os sintomas iniciais do envelhecimento, como certas dores e problemas de saúde antes inexistentes. "Encare como um novo e maravilhoso desafio, inspirando-se em mulheres maravilhosas que, idosas e atuantes, conquistaram o seu respeito e admiração. Torne-se orgulhosa do trabalho que faz consigo mesma, tornando-se a sua própria obra-prima dessa arte que é viver", aconselha a psicóloga que dá outras dicas:


- Busque ser feliz em qualquer idade que esteja e você se acostumará a descobrir sempre um jeito de estar bem. À medida que as dificuldades vão surgindo, encare-as de frente e busque solucioná-las. Se não consegue sozinha, peça ajuda, mas nunca finja que um problema não existe. Questões mal-resolvidas crescem feito fermento e um dia vão deixar você mal. Evite isso lidando com cada pequena questão quando ela surge. Ser feliz é uma escolha pessoal.


- Conviva com pessoas de todas as idades, mas sempre escolha aquelas cuja companhia lhe faz bem. Fuja dos chatos, reclamões e negativos, tenham eles que idade for.


- Sempre haverá pessoas que acharão você linda, mas o mais importante de tudo é que você se veja bonita. Então, capriche no sorriso, nos cuidados que fazem sentido para você, deixe seu bem-estar interior irradiar através dos seus olhos. Olhe-se no espelho e goste do que vê.


- Faça atividade física, novos amigos, novas atividades, novos aprendizados, sempre. Durma bem, alimente-se de modo saudável e cultive sua curiosidade em relação a tudo. Descubra algo novo todo dia.

por Carolina Mouta | 02/04/2010 - www.bolsademulher.com