SANDRA OLIVEIRA - ESTETICISTA, CABELEIREIRA E PERSONAL CARE VALMARI

"Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la."

Barbara Pletcher

26/02/2010

TERMOTERAPIA


A termoterapia é emprego terapêutico de calor. O calor pode ser aplicado na área de Estética sob diversas formas dependendo do tratamento a ser feito.


A termoregulação do organismo humano

O organismo humano é homeotermo, ou seja, mantém sua temperatura entre certos limites fisiológicos. Para que seja mantida dentro destes limites, a temperatura é regulada através de mecanismos que permitem ao organismo opor-se ao efeito do calor ou do frio ambiental.


Efeitos biológicos do calor sobre o organismo

De acordo com o agente aplicado, a sua intensidade e o tempo de aplicação obteremos efeitos a nível local, regional ou geral.


Quanto aos efeitos locais observamos:

1) A nível celular:
aumento do metabolismo celular
aumento da atividade enzimática
modificação da permeabilidade da membrana

2) A nível circulatório:
dilatação das arteríolas e capilares
aumento da permeabilidade capilar

3) A nível de terminações nervosas:
aumento do limiar da dor (sedação)

Quanto aos efeitos regionais observamos:
1) Relaxamento da musculatura lisa
2) Relaxamento da musculatura estriada

Quanto aos efeitos gerais observamos:
1) Vasodilatação generalizada
2) Aumento da temperatura corporal
3) Aumento da sudoração e da diurese
4) Efeito sedante


O calor provoca estímulo geral do metabolismo celular com aumento da síntese protéica e da atividade enzimática com modificações da permeabilidade da membrana celular.

A dilatação de arteríolas e capilares conduzem a região à hiperemia. O maior aporte de sangue à região promove um estímulo trófico, ao transportar mais oxigênio e nutrientes, com eliminação de toxinas.

A hiperemia também provoca o aumento do transporte de substâncias de defesa como anticorpos, gamablobulinas e leucócitos promovendo um potente efeito antiinflamatório.

A aplicação de calor tem também um importante efeito analgésico por ação sobre as terminações nervosas, o que aumenta o limiar da dor.

Sobre a musculatura tanto lisa como estriada o calor provoca um relaxamento com aumento do aporte sangüíneo ao músculo o que colabora para a sua recuperação.

Dessa forma podemos concluir que o calor tem os seguintes efeitos terapêuticos:

1) Locais:
hiperemiante
trófico
antiinflamatório
analgésico
antiespasmódico

2) Gerais:
desintoxicante
relaxante muscular
trófico
vasodilatador

Na Estética, a termoterapia é empregada na redução do peso, celulite, modelação do corpo e em tratamentos corporais que requeiram o uso de calor localizado.


matéria mensal de
www.ck.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário