SANDRA OLIVEIRA - ESTETICISTA, CABELEIREIRA E PERSONAL CARE VALMARI

"Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la."

Barbara Pletcher

05/07/2012

Drenagem Linfática

Drenagem Linfática


O QUE É:
A drenagem linfática manual é um método de massagem altamente especializado, realizado com pressões suaves, lentas, intermitentes e relaxantes, que seguem o trajeto do sistema linfático, mobilizando a linfa até os gânglios linfáticos. Ela drena os líquidos acumulados, melhorando a circulação e a oxigenação dos tecidos.
As manobras de drenagem linfática exercem influência sobre algumas estruturas e funções biológicas, direta e indiretamente, tais como:

- Estimula a contração da musculatura lisa dos vasos linfáticos;
- Aumenta a velocidade de transporte da linfa;
- Aumenta a capacidade de processamento da linfa no interior dos gânglios linfáticos;
- Melhoram as condições de absorção intestinal;
- Melhora a atuação do sistema nervoso vegetativo;
- Aumenta a captação de oxigênio pelos tecidos;
- Fornece a nutrição celular pelo maior aporte sangüíneo;
- Elimina os produtos finais resultantes do metabolismo tecidual;
- Aumenta a absorção dos nutrientes e princípios ativos através do trato digestivo;
- Aumenta a quantidade de líquidos a serem eliminados.

Em conseqüência de todos estes fenômenos temos:
- Aumento do grau de hidratação e nutrição da célula;
- Aumento da velocidade de cicatrização de ferimentos pelo aumento da vascularização arterial e venosa
- Aumento da capacidade de absorção de hematomas e equimoses;
- Melhora do retorno de sensibilidade em cirurgias plásticas;
- Diminuição de retenção de líquido nos tecidos prevenindo a formação de celulite;
- Produz relaxamento.

PRINCIPAIS INDICAÇÕES:
- Inchaço (linfedema);
- Celulite;
- Inchaço de braço posterior a mastectomia;
- Edema pós-operatório e pós-traumáticos;
- Problemas circulatórios;
- Pós-cirurgia plástica;
- Sinusite, rinite e otite;
- Enxertos;
- Varizes e pernas cansadas;
- Inchaço da gravidez;
- Síndrome pré-menstrual;
- Enxaquecas;
- Artrose, artrite e gota, tendinite;
- Envelhecimento cutâneo;
- Intestino preguiçoso (constipação intestinal)

COMO É REALIZADO:
Com movimentos leves, rítmicos e unidirecionais com ou sem a utilização de cremes deslizantes.

DURAÇÃO DO PROCEDIMENTO:
Cerca de 50 minutos

TEMPO DE RECUPERAÇÃO:
Imediato. A drenagem linfática manual não causa dor ou hematomas, fazendo com que a rotina do paciente não seja alterada.

CONTRA-INDICAÇÕES:
- Trombose venosa profunda, tromboflebites, erisipela;
- Infecção aguda;
- Neoplasias malignas e diagnosticadas em atividade;
- Insuficiência cardíaca congestiva (descompensada);
- Arteriosclerose em processo avançado;

DURAÇÃO DO TRATAMENTO:
O número de sessões varia de caso a caso, mas em média, são necessárias de 10 a 20 sessões, 2 a 3 vezes por semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário