SANDRA OLIVEIRA - ESTETICISTA, CABELEIREIRA E PERSONAL CARE VALMARI

"Os verdadeiros vencedores na vida são pessoas que olham para cada situação com a esperança de poder resolvê-la ou melhorá-la."

Barbara Pletcher

04/08/2010

Lipoaspiração X Suor excessivo

Operação trata com sucesso o problema e apresenta poucos riscos

Uma técnica bastante conhecida, mas até então surpreendente para esta nova finalidade, promete ser sensação no tratamento da hiperidrose. Segundo foi apresentado no último o Congresso de Cirurgia Dermatológica, a lipoaspiração é super eficiente na luta contra o suor excessivo. Mas a operação não é exatamente igual à lipo que retira gorduras localizadas.

O tratamento contra a hiperidrose é feito pela remoção seletiva das glândulas écrinas (responsáveis pelo suor) e utiliza o instrumental da lipoaspiração. Batizada como Lipoaspiração Superficial com Curetagem Dérmica ou Lipoadenoaspiração Axilar, nesta operação as cânulas são inseridas com os orifícios para a superfície (face interna da pele) e os riscos de complicações são baixíssimos.

“Nesta técnica as incisões também são mínimas e as cicatrizes resultantes tornam-se imperceptíveis com o passar do tempo. O paciente pode retornar às atividades em três dias. Outra característica desse método é que, simultaneamente, ocorre a aspiração de algumas unidades pilossebáceas, que leva a uma diminuição definitiva dos pelos axilares”, explica o doutor Érico Pampado Di Santis, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD).

Em outras palavras, a operação se limita ao plano cutâneo e não atinge estruturas nobres ou profundas do corpo. Ela trata única e exclusivamente a questão do suor excessivo e, por isso, tem feito tanto sucesso. “Quem sente na pele o problema deseja voltar a ter uma vida normal, uma vez que gestos simples, como ficar abraçado a outra pessoa eram impossíveis ou constrangedoras antes para essas pessoas”, diz o médico. Para saber se este é o tratamento indicado para determinado caso, porém, apenas o médico poderá falar.


Fonte:http://suapele.terra.com.br/interna.php?id_conteudo=170&pagina=3

Nenhum comentário:

Postar um comentário